PDA

View Full Version : Garantia MAZDA


SnowSkier
16-11-2007, 11:07
Abri este tópico apenas para vos relatar sobre uma conversa que acabei de ter com um cliente meu, ex-proprietário de um Mazda 6 SW de 2004 que, segundo ele, infelizmente vendeu e trocou por um Honda civic.

Relatou-me que, passados 6 ou 7 meses de a ter adquirido, começou a ter problemas com a direcção - os tais estalidos que já se comentaram aqui no fórum - alguns problemas com a alavanca das mudanças, especialmente quando engrenava a 5ª velocidade, não conseguindo acelerar e tendo que voltar a engrenar a 4ª e também com os faróis de xenon que ambos se avariaram 2 vezes, dando o sinal de baixarem (auto-nivelamento) e apagarem-se de imediato quando se encontrava a conduzir á noite!!!!

Apesar de que o carro ainda estava na garantia, teve a infelicidade ou não, de ter tido a necessidade de entregar o carro a uma oficina particular para lhe arranjarem qualquer coisa(que ñ especificou), tendo por isso perdido a garantia de imediato, segundo explicou...

Por isso, achei necessário informar sobre esta situação, relativamente ao facto da perda de garantia, reforçando que se deve utilizar sempre a garantia Mazda, até que esta seja extinta! :wink:

Lmiguel
16-11-2007, 17:24
Há por aí alguma desinformação...(ou melhor: talvez haja malabarismo Mazda... que já não é a primeira vez que oiço falar dele, o que me desagrada. Começo a temer que um dia destes tenha de usar a expressão "típico malabarismo Mazda"...).

Sobre esta coisa das garantias acho que até entendo um bocadinho assim (como o danoninho). E a coisa, em termos genéricos, reza assim:

A garantia que uma marca dá, a QUALQUER produto (vamos agora falar só de automóveis), é uma garantia de bom funcionamento do produto em si, e de cada um dos seus componentes (geralmente excluíndo os de consumo imediato ou regular) em particular.

Quanto ao produto e componentes há a garantia geral de bom funcionamento pelo prazo mínimo de 2 anos (as marcas dão 3 e já há quem dê 5).
Para os produtos de desgaste há garantia contra defeitos de fabrico e/ou montagem (estes últimos geram questões levadinhas da breca).

Esta garantia existe SEMPRE independentemente de quem eu meta a mexer no carro. Até posso ser eu!!!
A questão é simples: quem mexe no automóvel e em qualquer componente em garantia, tem de fazê-lo de acordo com instruções procedimentos definidos para manuseamento, reparação e/ou conservação definidos pela Marca, que é justamente quem domina como melhor "tratar" o produto.

E tudo passa por uma razão lógica: se eu dou garantia de bom funcionamento, quem mexer no produto mexe como eu digo e não como essa pessoa quer. Porque a "cabeça no cepo" é a minha, que dou garantia!

Portanto: todas as intervenções que passem por um produto em garantia, quando sejam feitas de acordo com as normas da MARCA, não inviabilizam a garantia, que assim se mantém intacta.

Discussão diferente é saber se um terceiro age, ou não, de acordo com a os procedimentos MAZDA. A Mazda vai sempre dizer que não, e o terceiro vai sempre dizer que sim... (está a ver-se que acaba tudo à moda do Miguel Sousa Tavares: "nem que seja em Tribunal e à paulada"!).

Já quanto aos produtos de desgaste (pastilhas de travão é o exemplo mais imediato), a garantia de montagem deve dá-la quem montou o equipamento. Ou seja: deixamos de ter, naquele ponto específico, garantia MAZDA, para passar a ter garantia de montagem... de quem montou!

Há uma directiva (aliás já aqui publicada, acho eu...) a falar justamente sobre isto.

É que essa coisa das Marcas virem dizer que eu não posso reparar o carro onde quero, mas sim na Marca, já é coisa do tempo da Maria Cachucha. A concorrência está aí, e eu sou consumidor daquilo que quero e não do que a Marca me obriga.

Com regras, é certo, mas quem escolhe sou EU!


Agora perguntem-me: mas onde vais com o carro à revisão?????

Resposta: Á MAZDA!!!!!!

Porquê?

Porque é uma "chatice" dos diabos entrar em guerra por causa da garantia de um produto que me custou 32000 euros!!!! Ainda temos esta cultura muito pouco enraizada (muito por culpa de tipos como eu... eu sei), de não gostar de "comprar" guerras que mostrem aos outros que não estão num sítio sem rei nem roque!!!


Agora se falarmos da tostadeira lá de casa... aí já não me importo.

E mais: no caso relatado, era discussão até ao fim. A MAZDA até se pode atrever a querer "safar-se", mas ia ter de se safar à frente de um Senhor Juíz!

Ai ia ia...


um abraço :wink:

Rui Ramos
16-11-2007, 18:39
Há por aí alguma desinformação...(ou melhor: talvez haja malabarismo Mazda... que já não é a primeira vez que oiço falar dele, o que me desagrada. Começo a temer que um dia destes tenha de usar a expressão "típico malabarismo Mazda"...).

Sobre esta coisa das garantias acho que até entendo um bocadinho assim (como o danoninho). E a coisa, em termos genéricos, reza assim:

A garantia que uma marca dá, a QUALQUER produto (vamos agora falar só de automóveis), é uma garantia de bom funcionamento do produto em si, e de cada um dos seus componentes (geralmente excluíndo os de consumo imediato ou regular) em particular.

Quanto ao produto e componentes há a garantia geral de bom funcionamento pelo prazo mínimo de 2 anos (as marcas dão 3 e já há quem dê 5).
Para os produtos de desgaste há garantia contra defeitos de fabrico e/ou montagem (estes últimos geram questões levadinhas da breca).

Esta garantia existe SEMPRE independentemente de quem eu meta a mexer no carro. Até posso ser eu!!!
A questão é simples: quem mexe no automóvel e em qualquer componente em garantia, tem de fazê-lo de acordo com instruções procedimentos definidos para manuseamento, reparação e/ou conservação definidos pela Marca, que é justamente quem domina como melhor "tratar" o produto.

E tudo passa por uma razão lógica: se eu dou garantia de bom funcionamento, quem mexer no produto mexe como eu digo e não como essa pessoa quer. Porque a "cabeça no cepo" é a minha, que dou garantia!

Portanto: todas as intervenções que passem por um produto em garantia, quando sejam feitas de acordo com as normas da MARCA, não inviabilizam a garantia, que assim se mantém intacta.

Discussão diferente é saber se um terceiro age, ou não, de acordo com a os procedimentos MAZDA. A Mazda vai sempre dizer que não, e o terceiro vai sempre dizer que sim... (está a ver-se que acaba tudo à moda do Miguel Sousa Tavares: "nem que seja em Tribunal e à paulada"!).

Já quanto aos produtos de desgaste (pastilhas de travão é o exemplo mais imediato), a garantia de montagem deve dá-la quem montou o equipamento. Ou seja: deixamos de ter, naquele ponto específico, garantia MAZDA, para passar a ter garantia de montagem... de quem montou!

Há uma directiva (aliás já aqui publicada, acho eu...) a falar justamente sobre isto.

É que essa coisa das Marcas virem dizer que eu não posso reparar o carro onde quero, mas sim na Marca, já é coisa do tempo da Maria Cachucha. A concorrência está aí, e eu sou consumidor daquilo que quero e não do que a Marca me obriga.

Com regras, é certo, mas quem escolhe sou EU!


Agora perguntem-me: mas onde vais com o carro à revisão?????

Resposta: Á MAZDA!!!!!!

Porquê?

Porque é uma "chatice" dos diabos entrar em guerra por causa da garantia de um produto que me custou 32000 euros!!!! Ainda temos esta cultura muito pouco enraizada (muito por culpa de tipos como eu... eu sei), de não gostar de "comprar" guerras que mostrem aos outros que não estão num sítio sem rei nem roque!!!


Agora se falarmos da tostadeira lá de casa... aí já não me importo.

E mais: no caso relatado, era discussão até ao fim. A MAZDA até se pode atrever a querer "safar-se", mas ia ter de se safar à frente de um Senhor Juíz!

Ai ia ia...


um abraço :wink:

Parabens
Lmiguel Bom post estou inteiramente de acordo isto quando toca a responsabilidades é sempre complicado, toca a fugir com o rabo à seringa. (é assim no nosso país) :wink:

SnowSkier
17-11-2007, 00:24
Quando falei sobre a perda de garantia, e repito: segundo informação deste meu cliente, referi-me, se calhar, de uma forma pouco clara.

Ou seja, o que ele me disse foi que quando levou o carro à Mazda pelas inúmeras avarias que teve, eles simplesmente verificaram que o carro tinha sido "mexido" por uma entidade que não a Mazda(provávelmente pq até ele lhes disse) e que então, a substituição de peças(como os faróis de xenon, p.e.) ou outra avaria que tivesse não poderia ser reparada ou substituida ao abrigo da garantia!

Se virmos bem, a garantia abrange a substituição de peças e reparação de alguma avaria mais grave, tipo a dos faróis de xénon que sem mais nem menos deixam de funcionar. Não será legitimo que a marca, por não ter sido primeiro questionada quanto às avarias, se recuse a reparar o carro porque "alguém" estranho à marca o tivesse tentado fazer e ainda por cima sem sucesso?

Esta cena das garantias, tem muito que se lhe diga! Acho que a opinião do Lmiguel é muito válida e bem observada! No entanto, acho que é também necessário analisar bem as coisas...

Pondo de parte as questões juridicas, se eu vender qualquer objecto a uma pessoa com uma garantia de 1 ano, por exemplo, e se essa pessoa ao fim de 6 meses vier ter comigo a dizer que o objecto avariou e que entretanto, tentou ir a outra pessoa resolver o problema, porque não conseguiu ou o problema não ficou bem resolvido, não sei se lhe resolvia o problema ao abrigo da garantia que eu lhe dei.

Ao fim e ao cabo eu construí o objecto, vendi-o com garantia e por isso deveria ser eu a resolver qualquer problema com o mesmo. Quem me garante a mim, que a pessoa ou entidade que tentou resolver o problema tem capacidade para o fazer? Não foi ele que o construíu! Como poderá ele resolver o assunto? Até poderia resolvê-lo mas, nunca lhe daria a tal garantia! E eu sim, eu dei-lhe uma garantia quando vendi o objecto!

Bem...não sei se perceberam o que quis dizer mas é também e sómente a minha opinião!

Pena, pena, é ver mais alguém a desistir de ter um MAZDA por problemas mecânicos! :(

Rui Ramos
17-11-2007, 06:45
"Pena, pena, é ver mais alguém a desistir de ter um MAZDA por problemas mecânicos! "

Infelizmente e lamentavelmente acontece na Mazda e com todas as outras marcas não é nenhuma exceção, acontece aos melhores!

Zoom-Zoom

jpereira
17-11-2007, 08:01
A história relatada é um caso que a meu parecer, por falta de informação e muito "diz que disse", tem ar de carro usado vendido por stand de "beira da estrada" ainda com garantia de fábrica.

Os defeitos relatados são 'tipicos' das unidades M6 de 2004:
- Estalidos direcção (falta massa de lubrificação no cardan da direcção);
- Nivelamento dos faróis (configurável através da reprog do calculador dos faróis)

O que me espanta é a 5ª não entrar! (As caixas Mazda são excelentes em qualquer modelo!!)
Dá ideia de carro que deu um valente estoiro e teve uma reparação à pressa para ser vendido em 2ªmão.

O nome da Mazda não fica abalado por histórias destas...

pedro
19-11-2007, 11:29
A minha Mazda5, a tal que levou um motor novo vom 15.000km, foi à revisão dos 20.000km e quando não é o meu espanto paguei 30 euros + iva para olharem para o carro para verem se tinha corrosão ou não.

O que me disseram é que é uma directiva da Mazda, se não o fizerem o cliente perde a garantia da corrosão.

Será isto normal?

Cada vez mais estou desiludido com a Mazda.

A revisão ficou-me em 298 euros já com Iva e não levou nada de especial. Acho as revisões bastantes caras.

Cumprimentos

Pedro André

jpereira
19-11-2007, 14:47
A minha Mazda5, a tal que levou um motor novo vom 15.000km, foi à revisão dos 20.000km e quando não é o meu espanto paguei 30 euros + iva para olharem para o carro para verem se tinha corrosão ou não.

O que me disseram é que é uma directiva da Mazda, se não o fizerem o cliente perde a garantia da corrosão.

Será isto normal?

Cada vez mais estou desiludido com a Mazda.

A revisão ficou-me em 298 euros já com Iva e não levou nada de especial. Acho as revisões bastantes caras.

Cumprimentos

Pedro André

É um procedimento generalizado das marcas.

É certo que quase 300eur. por uma revisão é caro mesmo tendo em conta que leva um óleo ACEA C1 por causa do DPF (25eur/litro).
Como leva 4.3L (tem de se comprar 5litros) => +/- 125eur só o óleo...

A revisão de uma Renô Scenic diesel, fica dentro dos mesmos valores.

Victor Ramos
18-12-2007, 20:36
Boas
Ainda hoje passei na portelcar em lisboa e pedir um orçamento para a revisão da minha mazda6 com 1 ano e 11 000km, em que pelo que me disseram levaria oleo e o respectivo filtro e revistos alguns pontos. Preço 250€ + IVA. De seguida passei na Evicar na estrada da luz, a resposta foi a mesma mas o preço já é de 250€ já com IVA. Será que não há uniformidade nos preços sendo ambos representantes, será a qualidade dos seus funcionarios ou será ainda devido á localização da oficina???
Com os meus cumprimentos

mazda3d
19-12-2007, 22:00
E dig-te se continuares a procurar inda poderás encontrar mais barato, mas já ficaram fora de mão.
A Portelcar mete bem a mão. Também tem o cuidado de roubar peças.
Enfim

Lmiguel
19-12-2007, 23:12
Boas
Ainda hoje passei na portelcar em lisboa e pedir um orçamento para a revisão da minha mazda6 com 1 ano e 11 000km, em que pelo que me disseram levaria oleo e o respectivo filtro e revistos alguns pontos. Preço 250€ + IVA. De seguida passei na Evicar na estrada da luz, a resposta foi a mesma mas o preço já é de 250€ já com IVA. Será que não há uniformidade nos preços sendo ambos representantes, será a qualidade dos seus funcionarios ou será ainda devido á localização da oficina???
Com os meus cumprimentos

Noutro tópico já disse tudo quanto eu tenho a dizer sobre este assunto de preços de revisões. É um roubo com um sorriso na cara.

Este fórum, nesse aspecto é de uma utilidade extrema.

É que em lugar de valores exorbitantes como o que o Victor Ramos refere, paguei pela revisão da minha M6 aos 20.000Km (e curiosamente 1 ano de idade - fez as 2 coisas ao mesmo tempo...) a módica quantia de 161 euros já com Iva incluído, carro lavado e problema da chapeleira resolvido!!!

Gomes e Leonardo é que "tá a dar"...

É um escândalo o que se passa por esses concessionários fora, com a Mazda PT a nada fazer...(se a Gomes e Leonardo ganha fazendo o serviço por 160 euros... o que ganhará a Portelcar e outros???)!!!!

Abraço