View Single Post
Antigo 05-02-2010, 16:42   #1
jprelvas
Membro Confort
 
Registo: 09-04-2007
Posts: 72


Predefinido M3 CS Sport 2005 - Luz de Bateria / Centralina / EGR

Viva.

Já há uns bons tempos que não postava nada por aqui, embora tenha seguido regularmente alguns tópicos do forum. Peço desde já desculpa mas o post vai ser longo porque há algumas coisinhas a escrever e eu estico-me um bocado nestas coisas, não adormeçam sff

O meu M3 MZCD CS Sport de 2005 (sem FAP e cheio de delays parvos - ainda) tem tido algumas peripécias pelo caminho e já me tirou algumas horas de sono nestes 5 anos passados e 90000km. Não quer isto dizer que tenha uma opinião negativa do carro, muito pelo contrário e também não quero que me critiquem por, após este tempo em que andei ausente (de forma activa) do forum, vir agora para aqui denunciar mais problemas, não é esse o objectivo, aquilo que pretendo é esclarecer algumas dúvidas e tentar saber se alguém já teve alguns dos sintomas que vou falar mais abaixo e se sim, que partilhem os mesmos e as soluções que arranjaram.

O meu M3 foi reprogramado na TurboTec em Setembro de 2007 (ainda em garantia) penso que foi o 1º M3 que por lá passou porque o tipo não se lembrava de nenhum igual por lá ter andado e saiu de uma "operação" que levou cerca de 2 horas, com uns apetitosos 135 CV (acho que anda por aí um tópico meu a dar conta desta repro que fiz).

Em Julho de 2008 tive o primeiro contratempo que associo directamente a esta repro, um dia quente de Verão e umas dezenas de km a caminho do Algarve na A2 de pé a fundo entre os 200 e os 220 arrasaram com algumas tubagens da zona do turbo por excesso de aquecimento que fizeram entrar o carro em safe mode e valeram uma despesa na ordem dos 600€ (disto só tenho que fazer mea culpa porque o responsável fui mesmo eu).

Ultimamente tenho-me apercebido de qualquer coisa de estranho ao nível do motor e da potência que o mesmo disponibiliza, das duas uma, ou me habituei demasiado ao binário do carro e caí naquela cena típica da rotina em que já não se sente aquela pica toda que se senti nos 1os meses após a repro ou o carro tá mesmo a afanar e inclino-me ligeiramente para esta última: dá-me a sensação que aqueles "coices" que se sentiam em 2ª ou 3ª a puxar a fundo estão muito mais suaves, a título de exemplo, em piso seco, conseguia fazer disparar o controlo de tracção numa 2ª a fundo ou por vezes até em 3ª, agora só dá sinal se o piso estiver molhado, não me admiraria nada que o meu carro tivesse voltado aos 109cv de origem muito embora continue a ir muito facilmente até aos 180 em recta (ainda pode subir aos 200 mas com algum espaço livre pela frente) e não tendo eu conhecimento de qualquer actualização do software da centralina por parte da Mazda nas revisões que tenho feito posteriormente (pelo menos nas facturas não há referência a isso nem cobrança de tempos de mão de obra para reprogramar a dita cuja), o que é certo é que sinto que a potência está lá, não sei é se são os 109 ou os 135 porque está tudo muito mais suave (qto a isto nada como um ensaio num banco de potência mas não tem havido oportunidade). Acho que vou começar por fazer uns depósitos de diesel daquele XPTO e uns aditivos (STP, Redex) à mistura no diesel normal.

Passando à frente, o assunto que propriamente me leva a escrever este post tem a ver com um estranho acontecimento que se verifica há cerca de 1 mês: um acender e apagar da luz da bateria no painel. Não há um padrão fixo em termos de tempo, tanto pode acender a cada 10 minutos (a apagar durante outros 10) como pode ser 15 + 10 ou 30 + 20 e por vezes até apaga mais tempo do que acende mas aquilo que é garantido é que não consigo fazer uma viagem de 5 km sem que a mesma vá acesa todo o caminho ou parte do mesmo.

É claro que o primeiro pensamento vai logo directo ao alternador que possa ter dado (ou estar a dar) o berro, mas não descarto a hipótese de ser também a bateria que possa estar a dar as últimas e a não aceitar a carga toda (está bateria é a de origem e já apanhou com 4 invernos). O que é certo é que, pese toda esta intermitência na referida luzita, não tenho tido nem sentido qualquer alteração ou degradação ao nível da eficácia da bateria, o carro, mesmo a frio, continua a arrancar perfeitamente bem ao primeiro toque de chave.

Aproveitando a revisão dos 5 anos que teria que fazer no fim deste mês, antecipei-a e fi-la durante esta semana em Setúbal com o objectivo de tentar resolver este problema que me estava a preocupar um pouco (já há uns dias que andava com uma estação de arranque na mala do carro não fosse o diabo tecê-las). A coisa começou a descambar logo da parte da manhã (embora sem grande surpresa minha pois em parte já estava à espera) com um telefonema a dar conta da necessidade de substituir correia do alternador, a respectiva polie (julgo que é assim) e pastilhas da frente. Pelos preços que me foram dando por telefone vi logo que não ia ter um fim de tarde muito agradável quando fosse levantar o M3, só nestas peças a coisa disparou logo para os 250€ (já estava a contar com outros 250 para a revisão em si) e ainda o problema principal não tinha sido descoberto, a luz da bateria continuava a acender mesmo depois destas mudanças de material. Resolvo telefonar mais para o fim da tarde para saber se posso levantar o carro e sou informado que a luz continua a acender mas o alternador carrega (acabei por não perceber se está sempre a carregar ou só quando a luz apaga mas para desfazer dúvidas tenho que ir, por minha iniciativa, a um electricista auto porque só depois me lembrei que também podia ter pedido para verem se a bateria recebe carga e tenho as minhas dúvidas se o terão feito). A coisa começou a ficar preta quando me começam a dizer que a centralina acusa um erro (não sei o código mas vou tratar disso) dá leitura mas não se deixa reprogramar conclusão, já me estavam a tratar de encomendar uma centralina nova no valor de 1500€ + IVA para substituir aquela. É claro que declinei a gentil oferta, pelo menos para já o carro vai continuar a andar assim até ver o que acontece de novo, se é que acontece, a tentativa de repro era para verem se conseguiam limpar o erro que no fundo é o que está a causar o acendimento da luz. Fiquei um bocado em choque e a pensar na vida, é que 1800€ custam um bocado a ganhar e a minha vida não está para estas despesas, ainda para mais a repro dos 135cv vai-se e ninguém me garante que a luz não volte outra vez a acender. Primeira questão: opiniões vossas sobre isto, alguém já teve sintomas do género? A quem já teve que mudar bateria quais foram os sintomas que indiciaram que a mesma estava nas últimas? Acendia esta luz no tablier?

Segunda questão e que nada tem a ver com este assunto: a válvula EGR. Já li e reli sobre o assunto, já sei que posso vir a ter problemas com isto muito em breve, já sei que o custo vai ser de cerca de 500€ para subatituir (ponho a hipótese de a limpar), já sei onte está e como se desmonta (tenho o technical manual do carro), já sei que me resolve o estúpido delay, já sei que vou poluir mais (e provavelmente), já sei que me vai fazer mal à carteira e também já sei que mais vale deixar-me de coisas e tratar-lhe da saúde pelo método de junta cega. Queria saber se alguém da margem sul / zona de LX já o fez e onde. Estou tentado a fazê-lo eu mas se numa oficina mo fizerem por 20 ou 30€ também não é por aí...

Desculpem lá o post maçudo

Um abraço,

JR
jprelvas está offline   Responder com citação